Home // Projetos inscritos //

Educar para Internet

projeto inscrito por Denis Diosanto Fonseca

, , , ,

Objetivos

Encontrar e ensinar pessoas com dificuldade de utilizar a internet de forma ampla, aproveitando todos os recursos e ferramentas que a rede oferece. A internet é lotada de lixo mas possui muitas coisas que são essenciais e transformadoras.

Descrição

Esse é um projeto de educação focado no ensino da utilização de ferramentas online e aplicativos no celular para pessoas com mais de 40 anos e população humilde que usa lanhouses. A ideia é ter um projeto itinerante, através de uma rede online de palestrantes e colaboradores, formada por qualquer pessoa que goste da cultura online e esteja disposta a trabalhar no projeto.

As aulas consistem em dar dicas e ensinar as melhores forma de aproveitar tudo que a internet oferece. De tudo um pouco. Como assinar RSS, conectar no wifi, arquivos na nuvem, mapear tags, salvar videos favoritos, ferramentas do Google, fazer um blog, criar replys em sites, investir em crowdfunding, paypal etc.

O projeto pode ser realizado em parceria com empresas que ofereçam internet móvel, celular, notebooks ou provedores etc. O ideal é que sejam turmas pequenas, com um profissional dando aula e orientações, apoiado por uma equipe de dois a três monitores.

Inspiração

Inspirado no coletivo Fora do Eixo e muitos outros projetos em rede, como as Casas de Marina pensei numa rede offline para levar as pessoas para o online. É possível fazer toda gestão da rede através do Gdocs, trocando o conteúdo gerado durante as aulas. Assim possibilitamos que pessoas em locais afastados possam utilizar o material didático e criar seu próprio projeto de aula, desde que siga uma carta de princípios da rede. Toda rede pode ser um suporte para dar assessoria para os projetos iniciantes.

Para essas aulas pode ser cobrado um valor que custeie a manutenção do site e o tempo de produção do professor, desde que as planilhas e os custos sejam de total transparência.

Dos 73,9 milhões de pessoas conectadas na internet no Brasil, quase 70% delas tem menos de 35 anos de idade, segundo pesquisas (fonte: http://www.tobeguarany.com/internet_no_brasil.php). O acesso à banda larga barata e as lanhouses inserem cada vez mais no mercado a população de baixa renda, a faixa que mais cresce em acesso todos os anos.

A internet parace um mundo meio obscuro para as pessoas mais velhas e a população mais simples. No imaginário popular de grande parte deles o mundo virtual parece um brinquedo de jovens e adolescentes, difícil de usar e destinado a pornografia, futilidades e perda de tempo em redes sociais.

Muitos nem desconfiam o quanto é fácil usar algumas ferramentas e como isso pode ser um diferencial na vida deles. Fazer compras, consumir cultura e informação, compartilhar interesses e encontrar novos, ser mais ativo socialmente e mais uma série de outras vantagens que a internet oferece. Muito do que essas pessoas precisam está fácil, elas só não tiveram acesso a informação e tem pouca noção da dimensão da rede. A internet existe para melhorar a vida das pessoas.

Comentários

 

Please log in to vote

You need to log in to vote. If you already had an account, you may log in here

Alternatively, if you do not have an account yet you can create one here.